Como obter empréstimo consignado? Descubra e faça a simulação!

empréstimo consignado simulação

Mais do que explicar o que é o empréstimo consignado, este texto ajudará você a fazer uma simulação com base em alguns cálculos prévios, como o de margem consignável. O nome pode assustar um pouco, mas ninguém precisa ser um especialista em matemática para fazer essas contas. Com as explicações que vamos dar para você, ficará muito fácil acessar a simulação no final. Confira!

Como funciona o empréstimo consignado

O empréstimo consignado é uma modalidade de crédito na qual as parcelas de quitação são descontadas da aposentadoria ou da pensão do INSS. Além disso, também existem versões voltadas para funcionários públicos, bem como para colaboradores de empresas privadas — desde que sejam conveniadas com instituições financeiras para essa concessão. Porém, vamos nos concentrar no modelo voltado para beneficiários da previdência.

Funciona assim: você preenche um formulário com os seus dados, recebe um contato prévio para obter todas as informações que precisa e, depois de decidir, recebe a visita de um consultor para assinar o contrato.

Esse documento é então transmitido para o INSS, que verifica se está tudo certo com as informações prestadas e a oferta de crédito. Depois de aprovar a transação, o contrato é averbado. Na prática, esse procedimento significa que o valor da parcela será reservado e transferido diretamente para a empresa credora a cada novo vencimento até a quitação.

Em razão desse funcionamento, o empréstimo consignado é muito mais seguro. Afinal, é a previdência social que garante o pagamento, ao invés do contratante do crédito. Essa segurança reverte positivamente para quem precisa dessa modalidade de captação, pois permite prazos mais longos e juros mais baixos.

O que é a margem consignável?

A margem consignável é um fator matemático usado para calcular o limite de empréstimo que pode ser liberado. Ela corresponde a 30% do valor do benefício mensal. Ou seja, se um aposentado recebe R$ 1.000, pode pagar o máximo de R$ 300 em cada parcela.

Sendo assim, a soma das parcelas de todos os empréstimos consignados contraídos não poderá superar esse valor. Isso ocorre porque esse tipo de crédito pode ser concedido várias vezes e, desde que não ultrapasse o limite da margem consignável, um beneficiário pode possuir mais de um contrato.

Por isso, o valor máximo do empréstimo também depende da quantidade de parcelas. Seguindo o mesmo exemplo, em 60 meses o valor total (empréstimo + imposto + juros) será de R$ 18.000 (R$ 300 × 60 = R$ 18.000). Já em 20 meses, o máximo que é possível captar é R$ 6.000 (R$ 300 × 20 = R$ 6.000).

Quais os critérios usados na liberação do empréstimo consignado?

Para ter direito a esse benefício, é necessário preencher certos requisitos de elegibilidade, como ser beneficiário de aposentadoria ou pensão do INSS, militar, funcionário público ou trabalhador de uma empresa privada conveniada com uma instituição de crédito. Além disso, são exigências básicas:

  • ter entre 18 e 80 anos de idade;
  • ter o benefício previdenciário concedido a mais de 6 meses: (no caso dos aposentados e pensionistas);
  • não ter usado os limites estabelecidos em lei e calculados conforme a margem consignável;
  • ter conta em banco: pode ser o banco de sua preferência, mas o crédito só é liberado por esse meio.

Para a liberação do empréstimo, não é necessária a consulta da situação de crédito do solicitante. Sendo assim, é possível recebê-lo mesmo com o nome negativado. Porém, essa regra pode mudar de instituição para instituição.

Quais os procedimentos para solicitar o empréstimo consignado?

Os passos para solicitar e contratar um empréstimo consignado variam de acordo com os critérios de cada instituição. Nos grandes bancos, por exemplo, é padrão a necessidade de realizar o procedimento presencialmente em uma agência.

No entanto, existem opções mais confortáveis e especializadas, como no caso da Viper Cred, que adota alguns poucos passos simples. São eles:

  • você preenche o formulário de simulação de proposta;
  • recebe o retorno sobre a aprovação da simulação;
  • com a sua autorização, a proposta é processada e o contrato é enviado para sua conferência e assinatura;
  • aguarda a autorização do INSS, a averbação do contrato e a liberação do valor contratado.

A averbação do contrato, citada acima, é o nome dado ao procedimento no qual o INSS reserva o valor solicitado em seu benefício para que ele seja encaminhado diretamente para a instituição credora durante o prazo estabelecido.

Por fim, para completar o formulário, você precisa apenas de dados como o seu nome completo, o número do CPF, um endereço de e-mail, um número de celular, o valor desejado e os detalhes do benefício.

Quais as vantagens em optar pelo empréstimo consignado?

A primeira grande vantagem de um empréstimo consignado é a taxa de juros cobrada, muito mais baixa que o usual. Por isso, muitas vezes esse tipo de crédito é utilizado para quitar empréstimos pessoais que cobram percentuais superiores. Isso sem falar de débitos do cheque especial e de rotativo dos cartões de crédito, que costumam cobrar juros ainda maiores.

Além disso, os valores também costumam ser maiores, assim como os prazos de pagamento. Mas não pense que não exista um motivo para essas concessões. O fato dessa modalidade oferecer uma segurança maior de recebimento do valor emprestado permite flexibilizar as regras. Afinal, a instituição financeira tem um estimulo maior.

Essas vantagens ainda incluem a liberação em casos de restrição de crédito ou, em outras palavras, com o nome negativado. Por isso, muitas pessoas usam o consignado para regularizar esse tipo de situação.

Além disso, também não é exigida a participação de um avalista ou fiador, pessoa geralmente conhecida para a qual é preciso solicitar esse favor. Na prática, é o avalista que precisará assinar o contrato e se comprometer em quitar a dívida caso ocorra algum problema, o que pode ser desconfortável tanto para o fiador quanto para a pessoa que solicita o crédito.

Como foi possível perceber na leitura deste texto, não existem grandes mistérios na liberação do empréstimo consignado. Mas ainda resta uma rápida orientação para o texto de hoje: sobre a simulação.

Primeiramente, é importante saber que um resultado preciso depende que todos os detalhes passados por você estejam corretos. Além disso, podem ocorrer pequenas variações entre uma simulação e a concretização da solicitação.

Acesse o link e realize uma simulação de empréstimo consignado para beneficiário do INSS agora mesmo.

Comente e Compartilhe