5 dúvidas sobre imposto de renda de aposentados que você precisa tirar

imposto de renda de aposentados

Aposentados e pensionistas são obrigados a declarar o Imposto de Renda como quaisquer outros contribuintes. Na prática, as regras a serem seguidas são praticamente as mesmas, porém, existem algumas particularidades na hora de preencher a declaração de imposto de renda para aposentados. 

Uma delas é o preenchimento dos rendimentos recebidos referentes à aposentadoria, que devem ser identificados como rendimentos tributáveis. Por isso, é imprescindível conhecer o procedimento para evitar problemas com o Leão. 

Pensando nisso, elaboramos o artigo de hoje para esclarecer as 5 dúvidas sobre o imposto de renda para aposentados. Continue lendo! 

1. Qualquer aposentado precisa declarar imposto de renda?

Nem todo aposentado é obrigado a declarar o Imposto de Renda. Os aposentados que precisam declarar devem: 

  • possuir rendimentos tributáveis (salários, aluguéis, venda de bens, compra ou venda de ações) anuais acima de R$ 28.559.70;
  • possuir bens e direitos que ultrapassem o montante de R$ 300 mil (levando em consideração o custo de aquisição); 
  • receber acima de R$ 142.798,50 referentes a atividades rurais; 
  • apresentar rendimentos isentos, não tributáveis ou descontados na fonte para valores superiores a R$ 40 mil. 

2. Como é feita a declaração?

O procedimento de declaração de imposto de renda para aposentados é bastante simples. Basta acessar a Agência Eletrônica da Previdência Social e informar: 

  • o período a que se referem os dados (ano-base); 
  • o seu nome completo; 
  • o número do seu CPF;
  • o número do seu benefício; 
  • sua data de nascimento. 

Após preencher todas essas informações, basta clicar em “consulta” para acessar seu comprovante de rendimentos.

3. Como fazer quando o aposentado tem mais de uma renda simultânea? 

Nos casos de aposentados que recebem mais de um benefício, como a aposentadoria do INSS e valores referentes a previdências privadas, as regras são diferentes. Nesse caso, é preciso calcular a soma das rendas para analisar se o montante total excede o limite de isenção. 

Por isso, se a soma das rendas ultrapassar o limite de R$ 1.903,98, é necessário lançar o valor na ficha “rendimentos tributáveis recebidos de pessoas jurídica”. 

4. E os aposentados declarados como dependentes?

Ao contrário do que muitos pensam, o fato de um aposentado ser declarado como dependente de outro contribuinte não muda nada na declaração de imposto de renda. Por isso, caso um aposentado esteja declarado como dependente dos filhos, por exemplo, o limite de isenção continua o mesmo. 

5. Qual o erro mais comum nas declarações de aposentados?

Os aposentados que possuem mais de uma fonte de renda geralmente são os que mais cometem erros. Dessa maneira, o equívoco mais comum é referente ao preenchimento dos rendimentos isentos. 

Por isso, é preciso verificar os valores isentos antes de preencher a declaração de imposto de renda de aposentados. 

Conte com o auxílio da Viper Soluções

Essas foram as principais dúvidas sobre a declaração de imposto de renda de aposentados, um procedimento simples e rápido. Caso você ainda não esteja seguro para fazer a sua declaração, a Viper Soluções possui a ferramenta ideal: o Meu INSS. 

O Meu INSS é uma central de serviços com diversas funcionalidades, como agendamentos e consultas de todas as informações necessárias para declaração de imposto de renda. Tudo isso em uma plataforma 100% online que pode ser acessada por smartphones, computadores, tablets ou qualquer outro sistema com acesso à internet.

Se você precisa de ajuda com a sua declaração de imposto de renda de aposentado, conheça agora mesmo o Meu INSS!

Comente e Compartilhe